Crónicas Mundo ao segundo - Nós e o Mundo 03: Covid19 em tempos de Covid19.


por Carlos Bonaparte em 21-05-2020 às 23:00

Nos dias de hoje, hoje em dia, atualmente... por muitas voltas que se dê o assunto é sempre o mesmo: Covid19.
A tecnologia em tempos de Covid19, a solidão em tempos de Covid19, o futebol em tempos de Covid19, etc.

É verdade que mata pela natureza e aprisiona pela lei, mas... já pensaram na imensidão de coisas que não envolvem o Covid19?

Antes o segredo estava em não tomarmos a parte pelo todo, e agora a fórmula para o sucesso está em não tomarmos o todo pela parte. Quantos de nós conhecem pessoas que já padeceram gravemente de Covid19? Quantos de vós conheceis pessoas que pereceram por Covid19? A resposta é óbvia: muito pouca gente.
Não quero com isto dizer que a doença é mentira, porque não é. Mas sim, que à nossa volta nem tudo, nem a maior parte, deve girar em torno de Covid19.

- Como é lá isso possível? Estamos em casa, fechados, com vidas incertas, salários à deriva, sonhos a afundar-se e com mais dúvidas do que certezas?

Por norma dizemos "estamos todos no mesmo barco", mas alguém me disse um dia que "estamos todos na mesma tempestade, mas não todos no mesmo barco". Mesmo assim, estarmos todos na mesma tempestade, e termos a noção disso, já é, só por si, algo positivo. Porque por norma costuma ser "cada um por si", e não há tempestade que nos una. Desta vez... foi diferente.
Já pensaram o manancial de conhecimento que temos para dar aos nossos filhos? Como gerir uma casa, como buscar a calma no meio da intranquilidade, como ocupar os tempos de forma construtiva, como promover e participar na entreajuda, como dar do pouco que temos e mesmo assim ficarmos com mais do que aquilo que tínhamos...?

A espécie humana já foi atingida por várias pandemias. Entre 1939 e 1945, sobretudo, dezenas de milhões de pessoas morreram na guerra mais mortífera da história da humanidade. Eles também tinham muito para contar... se tivessem meios para isso. Mas só restaram parcas fotografias tiradas por militares e as transmissões de rádio e tv. E quanto às pandemias... nem isso. Só alguns escrivas deixaram registos para posteridade.
Nós somos tudo isso. Somos repórteres em tempo de Covid19, somos cidadãos anónimos em tempos de Covid19, somos o futuro depois do Covid19 para que outro Covid19 não tenha os mesmos efeitos, nem as mesmas teorias da conspiração, nem outros géneros inventícios como as fake news ou as fake trace.
Ah, e já agora, quando o Covid19 desaparecer das nossas vidas, se de facto isso acontecer, não se esqueçam das imagens bonitas sobre o nosso planeta azul, as águas cristalinas de Veneza, o bonito céu de Pequim... para não voltarmos a cometer os mesmos erros.


Comentar





Voltar página anterior